QUAL A CATEGORIA QUE EU VOU COMPETIR? REGRAS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO.

600Olá Barbiebuilders, tudo bem com vocês? Espero que sim né rsrs
Peço desculpas por esses dias sem publicar nada mas é que está tudo uma correria pra dar tempo de começar o protocolo de preparação ainda essa semana, ou no mais tardar a semana que vem!
Hoje eu vou falar pra vocês um pouco sobre a minha categoria, que é a TONED FIGURE da Nabba, eu pretendo gravar um vídeo para o meu canal com esse tema em breve, então fiquem ligadas.
Mas vamos ao que interessa que é saber mais sobre a categoria. Eu acho que esse post vai ser bem útil para as meninas que gostam de treinar e pensam em competir algum dia, assim como eu pensava até pouco tempo atrás, e como muitas meninas também devem pensar, eu achava que estava muito longe de um “físico de palco”, algo realmente bom, e que pudesse ser apresentado em um campeonato. Porém não meninas, as vezes tudo que temos que fazer é encontrar a categoria que melhor se encaixa com seu físico atualmente e trabalhar para lapidá-lo. É claro que sempre vai haver o que melhorar, é por isso que trinamos no fim das contas não é mesmo? Para buscar melhorar sempre! Então se você treina e mesmo assim seu corpo é bem magrinho, sua estrutura é mais longilínea e seca, você pode se dar muito bem na categoria Bikini Fitness, por exemplo, ou se você é mais robusta e com membros inferiores mais desenvolvidos que os superiores você pode se encaixar na Wellness, enfim praticamente não existe mulher (que treina) que não possa se enquadrar em alguma categoria, a minha, como eu falei é a Toned. Esta poderia ser classificada como algo entre a Bikini e a Wellness, uma menina que não é nem muito slin e nem tão robusta. Porém, diferentemente do que acontece com estas duas categorias que são consideradas categorias de “Fitness” a Toned é classificada como uma categoria de bodybuilding, onde existe não só um desfile das meninas mas também, é exigido uma rotina de poses compulsórias, mas tudo bem sutil e feminino.
Aliás, feminilidade é característica obrigatória de todas as categorias femininas. As atletas precisam demonstrar não só um físico bem trabalhado como também graciosidade no palco, leveza e porque não até mesmo um pouco de sensualidade (sem vulgaridade, claro, porque é um esporte!) Então não basta você ter um shape bom, se você não souber apresentar isso para os árbitros, não souber desfilar, ou fazer as poses de forma graciosa e feminina, VOCÊ VAI PERDER PONTOS! Então os requisitos obrigatórios para todas as categorias femininas são estes:
É avaliado, além do corpo, a beleza facial da atleta, se os cabelos e pele estão bem cuidados e com aparência saudável, aliás no que diz respeito à pele, esta deve estar bem pintada com as tintas permitidas pela federação, e sem apresentar grande quantidade de estrias ou marcas deste tipo. Os árbitros também observam, o bom gosto dos acessórios e se estes combinam, dentro de um conjunto, com o biquíni usado pela atleta (Gente o biquíni é um caso a parte é a melhor parte da preparação na minha opinião, quando podemos escolher a nossa joia! Eu vou vou vir aqui falar pra vocês sobre isso em um outro post com certeza). Unha, e adereços também são observados. Como eu já falei anteriormente,a forma da atleta se posicionar em cima do palco também tem grande peso na nota final.
Como vocês veem, é bastante subjetivo a forma de avaliação das categorias femininas, por isso não é raro vermos atletas com um físico muito bom que não ganham o primeiro lugar, pois uma ou mais das outras variáveis deixou a desejar. É diferente das categorias masculinas onde se procura apenas o físico maior, mais seco, mais denso e simétrico possível, também conta muito a forma como cada árbitro avalia a atleta. As vezes determinado árbitro prefere a atleta mais seca e definida (dentro do que a categoria exige)  e já outro prefere com mais volume e prezando as curvas femininas, e a nota entre esses dois árbitros vai variar. Isso depende também do campeonato em questão, normalmente campeonatos internacionais preferem ver meninas com mais definição do que volume.

Em relação as regras específicas da Toned podemos citar todas essas mencionadas, e também é exigido que a atleta apresente poses, normalmente não é pedido uma pose obrigatória, mesmo que as vezes a pose de “braços elevados acima da cabeça” tanto de frente quando de costas seja mencionada.
As atletas devem fazer 1/4 de volta com a musculatura semi-relaxada (ficando de frente com os pés unidos e abrindo a dorsal, mostrando o lado esquerdo para os árbitros, de costas na mesma pose de frente, e mostrando o lado direito) é nesta hora em que o conjunto que falamos lá em cima é normalmente avaliado, alem da linha de shape que a atleta apresenta. Após esse primeiro momento o juízes solicitarão uma pose de escolha da atleta de frente, uma pose mostrando o lado esquerdo, de costas e por fim mostrando o perfil direito. Em alguns campeonatos eles pedem para fazer as poses específicas da Figure por ex: “De frente, braços elevados acima da cabeça, ou duplo bíceps” “Abdominais e coxas” “Expansão de peitoral” ou “Tríceps melhor lado” Enfim, as vezes é citado uma pose específica, porém a atleta pode escolher a forma como quer fazer esta pose, sempre buscando evidenciar seus ponto fortes.Ou seja pode-se fazer a pose de tríceps de costas, de lado, como na pose de peitoral etc. A escolha é da atleta. Pode ser inclusive uma pose criada pela própria atleta, desde que evidencie as musculaturas que os árbitros querem ver!
Ainda falando sobre poses, é PROIBIDO não somente na Toned mas em todas as categorias femininas a atleta posar de punhos fechados, como no caso dos homens, as mãos irão abertas demonstrando maior feminilidade.
Na categoria Toned, ainda é exigido uma rodada de poses livres, uma coreografia de 90 segundos onde a atleta é chamada no palco sem os sapatos para posar da forma como ela preferir acompanhada de uma música de sua escolha. Esta parte é bem parecida com as provas de ginástica artística de solo, onde as atletas realizam uma coreografia obedecendo aos elementos obrigatórios. Neste caso, não somos obrigadas a darmos mortais rsrs mas devemos realizar as poses compulsórias e podemos também dançar.
Na Toned não é exigido tamanho mínimo de calcinha na parte de trás, podendo os biquínis serem bem pequenos. Em algumas outras categorias isso não é permitido, então deve-se sempre procurar se informar para não ser barrada no campeonato. Na Toned também é permitido incrementar o biquíni com correntinhas penduradas e não há restrições com relação ao sapato, embora o que mais vejamos são atletas usando sandálias totalmente transparentes com saltos de acrílico bem altos. Em algumas categorias isso também sofre algumas restrições.
Na Toned, em termos de físico, o que os árbitros procuram é uma mulher que apresente boa forma conquistada com musculação, demonstrando um perfil atlético porém feminino, sem grande volume e definição muscular sutil. Não é permitido vascularização, e nem magreza excessiva de dieta. As atletas porém, deverão apresentar um corpo com baixo percentual de gordura e bom tônus muscular.

Eu acho que é isso meninas, não consigo me lembrar de mais nada para falar pra vocês rsrs se quiserem conhecer mais sobre a minha categoria, podem pesquisar no Facebook na página oficial da NABBA Brasil que lá vai ter muito mais informações pra vocês! Vou deixar aqui também mais algumas fotos de atletas dessa categoria para que vocês possam conferir o shape 😉

toned

fernanda-short

katia-valemtim

Beijos Barbiebuilders e até a próxima! Bons treinos à todas!!!

Estréia do Canal – Diário de uma Atleta

pixlr_20160903221429614

 

Olá Barbiebuilders, tudo bom com vocês? Espero que sim rsr, hoje vou contar para vocês um pouco mais sobre a minha preparação, como eu falei no post anterior, finalmente eu vou conseguir participar da minha primeira competição de fisiculturismo estou mega feliz e também um pouco ansiosa, mas acho que ansiedade é até normal né? Esse será um enorme desafio para mim, com certeza, pois além do desafio da competição em si, terá o desafio de conseguir conciliar tudo, estágio, faculdade, namorado, família e ainda a preparação: treino e dieta 100%.
Hoje o coach me enviou o planejamento para 8 semanas, e confesso, desde a minha anorexia onde eu falei neste post aqui (Como o esporte mudou minha vida Parte I: A Depressão e a Anorexia.) e neste outro aqui (Como o esporte mudou minha vida Parte II: A musculação) eu jamais comi tão pouca comida quanto vou comer agora nesta fase! Mas eu sei que é apenas uma fase realmente, não é como antes, onde eu não tinha nem um tipo de esperanças ou expectativas, eu queria apenas secar e secar e morrer 😥 (é bem triste né gente? Eu sei, por isso nem gosto de lembrar, mas infelizmente era a verdade) agora porém, tenho um objetivo, a competição, e após esse período as restrições diminuem e a alimentação fica mais livre um pouco.
Enfim, eu vou mostrando tudo aqui pra vocês no blog, e nas minhas redes sociais que por sinal vou deixar tudo final do post ok? 😉
O post de hoje é mais um relato mesmo rsrs da minha ansiedade e nervosismo, só para não deixar vocês longe de mim tanto tempo, e também claro, como o título já revela, para contar uma novidade: Acabei de criar o canal no youtube que tinha falado no post passado pra vocês. Vocês podem encontrar o canal, clicando no link do primeiro vídeo que eu vou disponibilizar aqui no blog, ou então procurando por “DIÁRIO DE UMA ATLETA” ou ainda escrevendo o me nome (Carolini Maciel) no youtube, blz?
No próximo post eu prometo que falo mais sobre a categoria Toned que é a que vou competir e trago também algumas dicas de exercícios legais pra vocês fazerem, tudo bem? Ah já ia me esquecendo logo mais posto a minha rotina de treinos que o Marcelo passou ok? Só quero esperar pegar o ritmo novo da nova rotina (tem até aeróbico meu povo, que eu por sinal detesto kkkk)
Então boooraaaa…. Abraços e bons treinos! 💪
Link do primeiro vídeo do canal Estréia do Canal – Diário de uma Atleta não se esqueçam de clicar no gostei e se inscrever no canal se vocês quiserem acompanhar a rotina por lá também, ok?

MINHAS REDES SOCIAIS FAVORITAS
INSTAGRAM E SNAPCHAT: carolini.maciel
FACEBOOK: Carolini Maciel

Enfim… Rumo aos palcos!!! 👊🏽 💪🏼

trofOlá Barbiebuilders, hoje estou aqui pra contar uma novidade super legal:
Vou competir no final do ano (EBAAAA!!!! 🙌🏽) Neste último fim de semana eu comecei uma consultoria com o grande coach treinador Marcelo Rios, que inclusive é o treinador do meu amor ❤️ Heitor que conseguiu faturar esse ano, o título de campeão estreantes paulista Júnior pela NABBA, federação da qual o Marcelo faz parte. Então, acho que eu estou em boas mãos né? rsrs
Sério, nem acreditei quando ele me avaliou lá na academia dele e disse que eu tinha futuro e que se eu me esforçasse e meu shape respondesse, como ele acreditava que responderia, eu poderia competir no final do ano! Noooosssa! Dá pra imaginar o tamanho da minha felicidade? Foram anos sonhando com esse momento que eu finalmente vou poder viver, e vou compartilhar tudo aqui no blog e também no canal que vou criar no youtube, além das minhas redes sociais que vou deixar no final do post pra quem quiser acompanhar por lá também 😉
O campeonato já tem inclusive data marcada, será no dia 18♥12♥2016 é a Copa Jandira de Musculação e Fitness. É um campeonato também pela NABBA, e optamos pela categoria Toned, pois é a que mais se assemelha com físico atual, vou deixar um outro post pra falar sobre a categoria, as regras tudo bonitinho pra quem tiver curiosidade, além de gravar um vídeo pro meu canal do youtube também já falando sobre o assunto, assim que eu começar eu já posto aqui pra vocês o endereço do canal e tudo mais, blz?
Esse campeonato inclusive, vou disputar com meu amor, vamos subir os dois como atletas do Marcelo e se Deus quiser vamos trazer o título de 1#
Era isso que eu queria comunicar com vocês, espero poder dar muitas dicas também pra quem sonha em competir principalmente para as meninas, e mostrar como é uma fase de pre contest. Vai ser um enorme aprendizado para mim podem ter certeza, independente de colocação eu creio que somente com o fato de subir lá em cima eu já me tornarei uma campeã pois não é fácil mesmo, como eu convivo diariamente com um atleta eu vejo como é sofrido e sacrificante essa fase pre competitiva, mas vamos lá tentar né, e buscar minha primeira boneca rsrs
Abraços e bons treinos a todas!

MINHAS REDES SOCIAIS:

INSTAGRAM e SNAPCHAT: @carolini.maciel
FACEBOOK: Carolini Maciel

Os melhores exercícios para Glúteos

maxresdefaultOlá Barbiebuilders hoje venho aqui com um post de utilidade pública rsrs tenho certeza que muitas de vocês vão gostar do tema, já que este é sem dúvidas um dos assuntos que mais me perguntam nas redes sociais, na academia, na rua, enfim… QUAIS SÃO OS MELHORES EXERCÍCIOS PARA AUMENTAR/ESCULPIR OS GLÚTEOS? Mas atenção já aviso que o post vai ser loooongo, talvez até divida em partes para facilitar a vida de vocês. 😉
Bem minhas lindas, antes de mais nada eu devo ser franca com vocês, como educadora física e profissional da área de saúde eu devo fazer um alerta, o ideal é que antes de sair por aí fazendo estes exercícios ou quaisquer outros, vocês façam uma avaliação com um profissional da área, um médico e também um profissional de Educação Física, pois eles irão avaliar seu quadro de saúde e aptidão física, e lhe orientarão da melhor forma possível para que você alcance seus resultados, ok? Estas dicas irão ajudar muito as futuras marombeiras, e meninas que estão começando agora a treinar. Para as veteranas de plantão que já devem ter alguma noção vamos recapitular…
PS: Antes de tudo quero deixar claro que ESTE POST NÃO É DIRECIONADO A PRESCREVER TREINAMENTOS, NADA SERÁ COMENTADO SOBRE MÉTODOS OU TÉCNICAS DE TREINO, E PARA RESULTADOS MAIS RÁPIDOS E SEGUROS TENHA SEMPRE O ACOMPANHAMENTO DE UM EDUCADOR FÍSICO
Depois desse aviso de bula de remédio rsrsr vamos ao post!

1º: AGACHAMENTO tumblr_inline_o0yhcy4tFV1rlwyla_540
Sim minhas caras Barbiebuilders este é o melhor exercício de todos para promover uma hipertrofia significativa na região dos glúteos, principalmente no glúteo máximo, que é a porção que dá aquela impressão de volume nos glúteos. E existem N variações desse exercício: afundo, agachamento com pernas paralelas (tradicional), avanço, no Smith enfim… É definitivamente o melhor. Porém atenção meninas, este é um exercício composto, ou seja ele recruta mais de uma articulação e grupamento muscular para ser realizado (e é exatamente por isso que ele é tão eficiente para a região dos membros inferiores como um todo e não apenas para a região glútea) sendo assim, é importante ter em mente que antes de realizar esse movimento é necessário ter um certo “preparo físico”, um fortalecimento na região do core – abdome e lombar principalmente- e muita atenção ao posicionamento dos joelhos, principalmente se este movimento for ser executado com carga. Vamos proteger a coluna sempre! Um bom aliado quando for executar este exercício com sobrecargas mais altas é o uso do cinto, além dele proteger e ajudar a estabilizar a sua coluna durante todo o movimento, ele ajuda a evitar que sua cintura fique “mais larga”, isso acontece porque com o agachamento utilizando cargas altas a sua musculatura abdominal, principalmente os músculos oblíquos, interno e externo, tendem a hipertrofiar para aguentar a carga de trabalho imposta, isso é normal, é o organismo tentando se adaptar ao meio, e aí consequentemente você perde sua cinturinha de pilão e fica com aquela aparência mais “quadrada”. Mas isso deve ser orientado pelo profissional de Educação Física que te acompanha já que não usar o cinto em alguns casos pode ser benéfico exatamente pelas mesmas razões, ajudar a fortalecer a região do core. Na dúvida use quando estiver agachando com cargas mais altas.
Outra questão super importante a se observar nesse exercício é a AMPLITUDE DE MOVIMENTO. Dentre todas as variáveis essa é a que eu considero mais importante, até mais que a sobrecarga.
(UM POUQUINHO DE BIOMECÂNICA AGORA PARA VOCÊS QUERIDAS BARBIES MAROMBAS)
O agachamento promove a flexão e a extensão do quadril (guarde estes nomes queridas) e dos joelhos também, o que faz com que o exercício recrute os músculos que permitem este movimento, que são os glúteos e os posteriores da coxa e o quadríceps, respectivamente. Porém para que a ênfase seja nos glúteos que é o que queremos, devemos procurar fazer um agachamento completo, os glúteos vão atuar muito na hora da subida do exercicio para fazer o quadril estender.
Existe ainda muito mimimi a respeito de até onde se deve agachar, até um tempo atrás dizia-se que o agachamento não poderia passar da linha de 90º entre joelho e coxa, mas graças a Deus isto está caindo por terra… Não é que é errado agachar até 90º, na verdade não é, existem casos em que o praticante possui alguma limitação de caráter articular, ou mesmo problemas na coluna que o impedem de realizar o movimento completo, porém é bom ter ciência que até 90º haverá uma maior compressão da sua patela, por conta do torque que é exercido nos joelhos neste angulo articular, daí mais uma vez a necessidade de ter um acompanhamento… Em alguns casos também o agachamento até 90º pode ser utilizado para a ênfase no trabalho do quadríceps, porém para o que queremos aqui que são os glúteos o ideal é fazer o movimento completo mesmo, até o “bumbum” se aproximar dos calcanhares.
ATENÇÃO AQUI MENINAS PARA ESTE AVISO: é muito importante que vocês NÃO FAÇAM A RETROVERSÃO DE QUADRIL NO MOMENTO DE AGACHAR (a retroversão é aquele movimento de “encaixar” o quadril) se estiver acontecendo essa retroversão no momento de iniciar a fase concêntrica (subida) tente descer menos da próxima vez e inclua exercícios de flexibilidade nos seus treinos, isso é encurtamento dos isquiotibiais amigas e esse padrão de movimento é altamente lesivo para a sua lombar. Colocar uma anilha nos calcanhares pode ajudar a contornar o problema. Converse com seu professor.
Ufa, depois de um texxxto sobre o agachamento, que era necessário né gente, vamos ao segundo exercício.

2º EXTENSÃO DE QUADRIL NA POLIA fabi-frota---mulher-do-alexandre-frota---1402519263888_956x500
Eu gosto muito deste exercício! *_* Existem muitas variações dele também (de pé com o tronco inclinado, com o tronco reto, em posição de três apoios, com os joelhos extendidos, flexionados… Enfim, há diversas possibilidades, e mudando o ângulo articular mais uma vez, uma maior ênfase é dado para uma das partes do glúteo, porém todo ele é trabalhado.Este exercício pode ser considerado também uma boa variação aos exercícios com caneleiras, já que o movimento articular é o mesmo, o que temos de bom aqui é que há  possibilidade de acrescentar mais carga na execução.
Este não é um exercício isolado como algumas pessoas acreditam, portanto deve ser utilizado de forma inteligente nos treinamentos de MMII (Membros Inferiores).
Como eu falei ali em cima, os glúteos atuam para fazer a extensão do quadril, basicamente ele é o responsável por esse movimento,porém nós ainda temos a atuação dos isquiotibiais, os posteriores da coxa, atuando fortemente. E pasmem queridas, o quadríceps, principalmente o reto femural (que é um músculo biarticular) também atua! Para fazer a flexão do quadril no momento da fase excêntrica (a fase onde sua força é vencida pela sobrecarga)
Nós ainda temos a atuação dos músculos eretores da coluna, e quadrado lombar atuando para manter a posição correta, além do abdome para estabilizar tudo! Então marombas é importante acrescentar esse, e qualquer outro exercício, de forma inteligente no seu planejamento de treino.

3º ABDUÇÃO DE QUADRIL abdutora
Como os músculos do Glúteo possuem fibras transversais é bastante interessante realizar movimentos de abdução do quadril para acompanhar os sentidos dessas fibras. Para isso podemos utilizar as caneleiras, podemos fazer utilizando de polias, mas o aparelho que eu mais gosto para isso é a CADEIRA ABDUTORA. Aqui é possível realizar algumas variações como executar com o troco mais reto ou mais inclinado, variando também enfoque principal do exercício. Vou salientar mais uma vez, nesse exercício é muito mais importante você executar com uma boa amplitude na fase concêntrica e excêntrica.Cargas, é interessante colocar sim, porém a execução vem em primeiro lugar sempre!

4º LEG-PRESS 11
Sim amadas, esse exercício é um ENORME construtor de glúteos! E dependendo de como você executa ele pode potencializar ainda mais os seus ganhos. No aparelho de 45° (que é o que a nós encontramos com mais frequência em todas as academias por aí) tente posicionar seus pés mais acima da plataforma, e com eles ligeiramente abduzidos, assim você conseguirá dar maior ênfase para o glúteo e também os posteriores, mas lembrando que o quadríceps também atua! Tente descer a plataforma o máximo possível, sem tirar o quadril do encosto do aparelho. E a cabeça também, mantenha ela encostada no banco o tempo todo.

5º ELEVAÇÃO PÉLVICA maxresdefault (1)
Por último, mas não menos importante eu vou citar aqui a elevação pélvica, ou elevação de quadril. Assim como nos exercícios anteriores uma boa amplitude é fundamental, para iniciantes pode-se acrescentar esse exercício sem pesos, ou cargas reduzidas, e fazendo sempre uma contração isométrica (sem movimento) do glúteo, durante o pico máximo de contração, ao final da fase concêntrica e inicio da excêntrica. Neste exercício nós também temos a atuação dos posteriores da coxa então, mais uma vez, ressalto a importância de elaborar o planejamento de treino de forma consciente e inteligente.
Procure um profissional de Educação Física!
Abraços e bons treinos BARBIEBUILDERS! 💪 💪 💪

 

Volta com o blog + Dieta VS Reeducação Alimentar

comidas-saudaveis-vegetais-frutas-620x411
Olá Barbiebulders! Já se passara varios meses desde a última vez que postei algo aqui no blog, peço desculpas mas o final do ano foi muito corrido pra mim, com as coisas da faculdade e muitos compromissos que se estenderam até a Páscoa 😁😑 peço mil desculpas mas também não vou ficar com mimimi, e sim me redimir postando pelo menos umas duas vezes por semana (🙏😍❤️ Deus queira… rsrs) Bem então vamos começar o nosso bate papo de hoje, sem mais enrolação…
Nesse post eu queria falar sobre um assunto que acho que é tabu pra muita gente, que é a tão temida DIETA. Sim. Mas porque será que as pessoas têm tanto medo assim dessa palavra? Todos os praticantes de atividades físicas, principalmente aquelas com objetivos estéticos, como acontece muito com o caso da musculação (não tô dizendo que ela é APENAS para este fim, mas o que vemos hoje é uma procura muito grande por ela devido ao seu alto poder de mudar a composição corporal do praticante) pois bem, se todos que estão dentro de uma sala com pesos sabem da importância de uma boa alimentação para conquistar as “formas perfeitas”, porque será que a grande maioria não consegue seguir o plano de forma correta, sem cometer deslizes? A resposta é simples: Porque vocês “fazem dieta”. (Agora é a hora que eu vou apanhar rsrs) Não Barbiebuilders eu não estou ficando louca e logo vocês vão entender o que eu quero dizer. Mas primeiro uma pergunta: Quantas de vocês já tentaram copiar uma dieta de revista que a celebridade tal ou a musa fit tal disse que segue? Ou então quantas de vocês já seguiram a dieta de alguma amiga da academia que também viu algo parecido algum lugar.. Rsrs
Bem então se vocês disseram que sim, já tentaram copiar a “dieta” de outra pessoa ou até mesmo inventaram a sua própria lendo coisas na internet ou em revistas, eu te falo que esse é o maior erro que você pode cometer e detona de vez com seus resultados na academia! A “dieta” se assim quiserem chamar, deve ser individualizada para você e direcionada para o seu objetivo. Por isso a importância de procurar um médico ou nutricionista para adequa-la às suas necessidades, esses profissionais têm muitos conhecimentos que a revista não pode te passar, afinal eles estudaram muito para estarem formados! E outro ponto que eu quero salientar aqui, é a questão da monotonia da dieta. Se você come sempre as mesmas coisas (isso admitindo aqui que você saiba o que deve comer, as quantidades e os horários corretos) logo seu organismo vai começar a enjoar desses alimentos e você vai perceber que, muito mais cedo ainda você estará saindo da “dieta” que é tudo que não queremos não é mesmo? A palavra de ordem aqui Barbiebuilders, é a REEDUCAÇÃO ALIMENTAR você deve se conscientizar que comer alimentos industrializados, frituras, doces e refrigerantes faz mal não só para sua silhueta, mas também para sua saúde. O primeiro passo, então é cortar esses alimentos de vez do seu cardápio e não tem nada de “Eu não consigo ficar sem beber refrigerante, pelos menos nos fins de semana eu tenho que comer ao menos uma coxinha ou um pastel” Se você não consegue nem mesmo controlar a vontade de comer esses alimentos que fazem mal para o seu corpo, me diga como que você vai conseguir manter uma “dieta” restrita ao máximo? É claro que não vai. Por isso que a reeducação alimentar é tão importante e é muito mais eficientes que dietas que duram 3 a 4 meses onde você só passa fome e depois volta comendo tudo que queria e tinha vontade e um pouco mais hahah 😂 (Até mesmo os fisiculturistas profissionais entram na onda de dietas restritas, apenas em períodos de pré contest, ou seja pré competição, o restante do ano eles fazem apenas uma manutenção do shape evitando porcarias e comendo limpo)
Vocês entenderam o recado Barbiebuilders? Nada de copiar dieta de outra pessoa, que isso definitivamente não trás resultados, procure um nutricionista (de preferência com prática esportiva se você deseja resultados atléticos) e por fim, REEDUCAÇÃO ALIMENTAR bonitas, não DIETAS absurdas.
Abraços e bons treinos 💪
PS: logo volto com algumas idéias de receitas fit que vocês podem estar fazendo no dia a dia para sair da monotonia no preparo dos alimentos ou para matar a vontade de porcarias, aguardem…

ANTICONCEPCIONAL HORMONAL X DESEMPENHO NA ACADEMIA

emendar-cartelas-de-anticoncepcional

Olá Barbiebuilders! Hoje eu estou aqui para falar sobre um tema bastante polêmico no mundo dos praticantes de academias, em especial, para nós mulheres.
O assunto é sobre o uso de anticoncepcionais via hormonal e o nosso resultado com a prática da atividade física, de modo geral.
Seja qual for seu objetivo, tanto perda de gordura corporal, quanto aumento da massa magra, é essencial que você ajuste a sua DIETA e os seus TREINOS, bem como o seu DESCANSO apropriado para conquistar a meta. Agora porque eu estou falando isso, se o post é sobre anticoncepcional? Porque muitas mulheres se esquecem de fazer corretamente um desses itens que eu mencionei, não veem resultados e por isso culpam os anticoncepcionais por TODO o fracasso delas.
Mas no fim das contas atrapalha ou não nos resultados da academia?
Infelismente SIM, essa é a resposta. E já foi até provado em estudos científicos:  A Universidade do Texas A&M, realizou uma pesquisa com mulheres de idade entre 18 e 31 anos, durante 10 semanas de treino de musculação concomitante com uma dieta rica em proteínas, foram submetidas a avaliações antropométricas (medidas corporais) e análises bioquímicas de sangue. Os resultados revelaram que atletas usuárias de anticoncepcionais orais obtinham menos ganho de massa muscular quando comparadas a mulheres que não faziam o uso destes. E não é somente em quem quer aumentar a massa magra que esse medicamento interfere, mas também no objetivo de quem quer “drenar” as gordurinhas. Mas porque isso acontece?
Os hormônios presentes na pilula (e detalhe importante: não somente na pílula mas em TODOS os métodos hormonais, obviamente, como adesivo, injetável, implante etc, isso também ocorre) reduzem a presença de alguns hormônios anabólicos como a testosterona e alteram a produção de cortisol, hormônio que pode prejudicar o ganho de massa magra. Como estamos ingerindo algo de fora do nosso organismo (exógeno), ele diminui a produção de hormônios endógenos e desta forma, os níveis de estrogênio, progesterona e testosterona naturais da mulher são diminuídos, além de e aumentar a resistência à insulina.
Os “quilinhos a mais” que nós vivemos lutando contra, são mais difíceis de eliminar pois o o estrogênio presente nesses medicamentos aumenta o apetite o que pode favorecer o aumento do peso. Além disso, a progesterona que também compõe estes medicamentos pode aumentar a retenção de líquidos e você ficará mais inchada, principalmente na região abdominal. ATENÇÃO: Retenção de líquidos é = a … favorável aparecimento de CELULITE! 😥 😥
Uma outra explicação se refere as Globulinas, que são proteínas no sangue e que fazem o transporte das substancias do corpo, e como os hormônios dos anticoncepcionais são sintéticos, eles não são transportados pelas globulinas, o que faz com que o figado produza novas globulinas, e estas por sua vez, capturam os hormônios endógenos, tornando-os indisponíveis no nosso organismo.
E depois dessa explicação toda o que EU PENSO sobre a questão: Primeiramente se você PRECISA utilizar esses medicamentos como forma de tratamento para alguma doença específica como a síndrome do ovário policístico, você deve continuar, porque de fato com a saúde e o bem estar não se brincam, converse sempre com seu médico ginecologista (lembrando que anticoncepcional, mesmo os orais são MEDICAMENTOS e como tal também tem seus riscos e contraindicações, que é o que pouca gente sabe, talvez eu até volte aqui para falar mais sobre esse assunto em um outros post, por isso não devem ser usados a torto e a direito, apenas com prescrição de um MÉDICO) Se você não necessita por questões de saúde, eu não vejo a necessidade de se submeter a tantos hormônios sintéticos que comprovadamente, podem trazer riscos à saúde sim, mesmo se o seu objetivo não tiver nada a ver com academia, pense bem nas suas escolhas. Uma outra alternativa que, eu penso ser bem viável é o DIU (volto pra falar dele num outro post) ele é bastante seguro não usa hormônios, portanto não altera a ovulação natural da mulher, e pode ter, inclusive um melhor custo benefício do que os outros métodos que precisam ser administrados com frequência, já que o DIU pode durar anos sem precisar ser trocado. E detalhe ele está disponível na rede pública de saúde. Converse com seu ginecologista.

Bem por hoje é só Barbiebuilders, abraços e bons treinos!

Como o esporte mudou minha vida Parte II: A musculação

1526513_585498168237987_3159113294286009013_n (1)

Olá Barbiebuilders estou sumida eu sei, mas é que a faculdade está muito corrida agora :/ Provas e estágios e trabalhos… Só quem tá passando ou já passou por isso sabe como que é difícil!
Bem, então vamos parar de enrolação né, e vamos começar logo com o post de hoje. Como vocês leram ali no título, esse post vai ser para contar como foi que eu decidi me tornar atleta de fisiculturismo, e principalmente como eu superei a anorexia nervosa e a depressão graças ao esporte chamado MUSCULAÇÃO.
No post anterior eu disse como foi que tudo começou, como eu fui deixando de comer aos poucos e fui emagrecendo mais a cada dia, falei também sobre como eu recusava terminantemente qualquer tratamento, e portanto, nenhum deles fazia o menor efeito.
Uma vez eu fui a uma psicóloga “especialista no meu caso” e passei os 50 minutos da consulta olhando para ela sem abrir minha boca, ela também não falou um “A” para mim, apenas anotou coisas no seu bloquinho. Não preciso nem dizer que eu não voltei mais nela, não é? kkkkk
Como eu disse antes, nenhum tratamento fazia a menor diferença pra mim, porque eu não QUERIA MELHORAR, eu não queria fazer a minha parte e me esforçar para que desse certo. Fui a diversos médicos, desde hebiatras, nutricionistas, psicólogos e psiquiatras, cardiologistas, endocrinologistas… Enfim, todos os médicos que recomendavam para os meus pais, eles me levavam. Gastaram muito dinheiro e tempo com isso e nada dava certo, eu continuava da mesma maneira. Até que uma vez um médico disse para minha mãe e para mim durante uma consulta, que eu IRIA MORRER, que meu estado estava mesmo muito critico, e que a medicina não podia fazer nada por mim dali em diante, que eu precisava colaborar com o tratamento ou então não ”haveria” tratamento para mim. Para vocês terem uma noção eu passei muito tempo num estado de “Amenorréia”, que, para quem não sabe, é quando a mulher não menstrua mais. Isso acontecia porque eu estava com um percentual de gordura tão baixo que meu corpo precisava “poupar” tudo que ele podia para sobreviver. Minha mãe entrou em pânico, meu pai cogitou me internar numa clinica, minha família e minha vida tinham virado de pernas para o ar. E eu? Eu continuava deprimida e não via sentido na vida, odiava me olhar no espelho, nunca me via ou me sentia bem, era muito triste…
Foi nessa época, que meus pais conseguiram uma vaga de tratamento no SUS para mim, com uma equipe multidiciplinar envolvendo diversos especialistas. Foi muita sorte e, mesmo sendo pelo sistema público, o programa era bem estruturado e desenvolvido, contava com uma grande infra estrutura. Eu participava então, toda semana, de uma consulta com uma psicóloga (ela era bem legal, e eu gostava dela) e uma nutricionista (chata, que eu não gostava kkkk) a nutricionista, em especial, me cobrava muito em todas as nossas consultas, me entupia de suplementos para complementar a minha dieta (que poucas vezes eu usava, e nunca na quantidade que ela recomendava por medo de engordar). Ela recomendou aos meus pais que fizessem todo tipo de comida gostosa como bolos, lasanhas e tudo mais, e deixassem na geladeira na esperança que eu comesse ao menos um pouco (SQN)
Nessa altura do campeonato vocês devem estar se perguntando “Como assim? Como ela conseguiu se curar então?” Primeiramente digo que foi Deus, pois sem Ele nada teria sido possível, depois devo a MUSCULAÇÃO. Porque? Bem, porque minhas médicas recomendaram que eu começasse a fazer algum tipo de atividade, ja que eu era bem ativa, para me estimular com a alimentação. O resultado foi incrivel! Eu me animei assim que elas fizeram a proposta e assim que entrei na academia, tudo começou a mudar pra mim.
Aquele ambiente fazia eu me sentir em casa. Ainda que minhas aulas fossem duas vezes na semana e eu não fizesse porcaria nenhuma lá kkkk eu gostava de ir e depois que chegava em casa, me animava e comia um pouquinho. Aos poucos fui adentrando nesse mundo da academia, conheci outras pessoas e passei a enxergar o quanto eu estava magra e o quanto precisava de ajuda. O corpo que eu queria ter agora era outro, minha mente se expandiu e eu finalmente me vi como estava, e me assustei muito! O tempo passou e eu comecei a ir todos os dias para a academia (ainda não entendia nada sobre treinos) mas ia mesmo assim, eu tive resultados extremamente rápidos e em cerca de uns 6 ou 7 meses eu ja estava quase no peso ideal para minha idade, na época. Fui liberada do tratamento no SUS, pois a partir do dia em que eu estava fora de risco o próprio sistema faz a retirada da pessoa, o que eu achei um pouco chato pois tinha feito bastante amizade com as minhas médicas, eu as via toda semana, e agora não tenho mais nenhum contato, e elas também me ajudaram bastante! Bem, desde então, eu posso dizer para vocês que nunca mais parei de treinar. Estudei muito, aprendi sobre treinamentos e nutrição, mudei totalmente minha alimentação, faço acompanhamento com nutricionista esportivo sempre que po$$o rsrs.
Comecei a namorar a cerca de 1 ano e 6 meses, e refiz toda minha vida! Meu amor ❤ me incentiva muito nos treinos e na dieta também, e como ele também tem aspirações quanto ao fisiculturismo, assim como eu, a gente meio que, se completa, sabe? Se entende. Eu vejo agora, de perto o quanto é difícil a vida de um atleta nesse esporte, a determinação, a disciplina, a força de vontade que o Heitor tem, é que são os pilares para que o atleta consiga conquistar seus objetivos. Não é fácil (mesmo) requer muito tempo e paciência para que se consiga moldar o corpo de forma ideal, você precisa estar com a mente mais preparada ainda do que o seu corpo, pois você vai enfrentar uma verdadeira batalha contra você mesmo. Todo o sucesso e todo fracasso que você conquistar será SUA culpa, SUA e de mais ninguém… É difícil, mas eu sei que posso conseguir, pois pra quem já passou por tanta coisa como eu passei, NADA é impossível. É só questão de tempo.

Como o esporte mudou minha vida Parte I: A Depressão e a Anorexia.

1526513_585498168237987_3159113294286009013_n (1)

Bem, hoje eu vou estar contando um pouco da minha história pra vocês, e como foi que eu comecei a ter a ideia de competir no fisiculturismo.
Durante o início da minha adolescência, eu passei por uma fase realmente difícil, aos meus 13 anos tive depressão (isso mesmo com 13 anos eu comecei a ter comportamentos depressivos 😥 ) eu me isolava bastante e passei a não querer mais sair com minhas amigas, com minha família, e me trancava no quarto todo dia quando chegava da escola e não saía de lá pra nada. Como eu sempre fui uma garota quieta meus pais não notaram assim, logo de cara, que havia algo errado com a minha personalidade. Mas eu me sentia muito mal, muito triste mesmo e quanto mais sozinha eu ficava, mais não dava vontade de ver nem falar com ninguém, era um mundo de solidão e isolamento. Essa depressão, aliada a uma alimentação não muito equilibrada que eu tinha nessa época, me fez desenvolver outra doença, que ficou visível no meu corpo em pouco tempo: A Anorexia nervosa!
Nunca fui gorda, essa é a verdade, mas eu me via assim. Me olhava no espelho e me enxergava totalmente diferente do que realmente era, é uma coisa louca sabe, só quem já passou pode entender como é a sensação de se ver de um modo totalmente distorcido.
Minha auto estima estava muito baixa, não conseguia olhar pra mim e ver um único ponto forte, enquanto minhas amigas estavam naquela fase de querer falar sobre garotos e primeiro beijo rsrs eu não me sentia a vontade nem com o meu próprio corpo, tinha outras coisas a me preocupar ao invés disso, EMAGRECER por exemplo.. Sim, perdi uma boa fase da minha vida graças a essa doença, e não, não tem como recuperar o tempo perdido. Mas eu não gosto de viver de lamentações, tive um problema e superei, passei por coisas difíceis que minhas amigas não precisaram, e venci todas elas, de um certo modo eu também tenho coisas a recordar dessa época, assim como elas, só não são as mesmas. Mas voltando ao assunto do post rsrs, minha família, não percebeu que eu estava deixando de comer, num primeiro momento, isso porque estudei em escola de período integral durante toda essa época, e não havia como saber que eu não estava me alimentando direito, já que eu ficava o dia todo na escola. Em casa, nós não tínhamos o hábito de comer todos juntos na mesa, como fazemos hoje, cada um comia a hora que queria e se queria. Eu chegava em casa então, e me trancava no quarto para chorar, e me olhar compulsivamente no espelho, e me lamentar é claro.
Até que um dia decidi começar a fazer caminhadas… Caminhava cerca de 4 a 6 km todos os dias, e não comia nada! Bebia água no começo para enganar a fome, e dormia muito, quase o dia todo, mas depois isso passou a ser desnecessário, pois meu corpo se acostumou àquele jejum e eu não sentia mais fome. Eu passei muitos dias no jejum completo até que eu realmente comecei a emagrecer, e emagrecer, e emagrecer… Mas eu nunca me vi magra. Eu ia no supermercado e comprava um pacote de biscoitos de água e sal (sabe aqueles que vêm com uns pacotinhos individuais? Tipo Club Social, Pit Stop…? Desses aí) e comia apenas uns dois pacotinhos desses no dia!! É muito pouco… As vezes também comia algum iogurte desnatado ou algo assim, mas era raro! Eu contava as calorias e nunca podia passar de 200 no dia! (OMG, Como sobrevivi? MILAGRE, com certeza) Fazia abdominais, 200 todos os dias, de manhã e depois a noite, gostava de dançar um CD da Lady Gaga que na época era uma febre total kkkkkkkkkkkk e passava os dia desse jeito. Em pouco tempo eu sequei, perdi muito peso mesmo, chegando a pesar 36kg, e meus pais entraram em pânico, a 5 anos atrás quando eu passei por isso, muitas garotas morriam por essa doença e era frequente nos jornais casos de meninas que morriam de desnutrição provocadas por elas mesmas, na busca incessante pelo corpo “perfeito”, mas ninguém nunca imagina que isso vai acontecer com você, com o seu filho, dentro da sua casa. Eles não sabiam o que fazer comigo, não sabiam como lidar, como me ajudar (até porque eu não queria ser ajudada, eu estava “gorda” lembra? Eu precisava emagrecer de qualquer jeito) Então eles brigavam comigo e me colocavam de castigo, só que isso não ajudava em nada, é claro, eu não escutava ninguém somente a mim, e ao que eu julgava ser o certo.
Quando minha mãe me forçou a conversar com uma psicóloga pela 1ª vez, eu recusei terminantemente, é claro, eu não precisava de psicólogo nenhum, era a minha mãe que estava louca porque ela não enxergava o quanto eu estava gorda! Mas eu fui assim mesmo, e foi um desastre! Como as muitas outras tentativas que viriam em seguida, como eu falei ali em cima eu não achava que precisava mudar, eu não QUERIA MUDAR, NÃO QUERIA SER AJUDADA, eu tinha um objetivo claro, perder peso, emagrecer, eu não via necessidade de alguém me dizendo que eu não podia fazer isso, que eu precisava comer, se não, eu iria morrer. E de fato, ouvi isso com essas mesmas palavras vindas de um médico, e junto com a minha mãe, mas o que aconteceu depois disso, eu conto num próximo post, espero vocês até lá Barbiebuilders, bjos e até a próxima.

1° POST : RUMO AO FISICULTURISMO | PROJETO BARBIEBUILDER

well
Bom, decidi criar esse blog com o objetivo de ser um incentivo a mais na minha rotina de treinos e dieta (Nem sempre é fácil, acredite!) mais, gostei tanto dessa ideia que decidi incrementar um pouquinho mais rsrsr, então resumindo, esse vai ser uma espécie de ”Diário Virtual” do meu dia a dia em busca do meu grande sonho: “Consagrar-me campeã de fisiculturismo”, nele vou estar postando toda a minha preparação para chegar até lá (Olha eu vou te dizer que tenho um loooooonnngo caminho a percorrer até esse dia viu rsrs mas vamos continuar na luta.. ) incluindo aqui as fases da dieta e dos treinamentos e tudo mais que está relacionado com essa preparação, que não é nada fácil, e muito menos curta… 
Mais não somente desse diário esse Blog vai falar né, pelo amor de Deus rsrsr
Vou dar dicas de exercícios físicos e alimentação saudável e também posts motivacionais e pra que todas vocês possam se inspirar também e quem sabe até começar, ou dar continuidade no projeto ”Barbiebuilder” de vocês, na busca por ser uma verdadeira Garota de Ferro!
Porque todas nós podemos conquistar o corpo e a auto estima que merecemos, querendo competir ou simplesmente levar uma vida mais ativa, e mais saudável, a mulher brasileira é linda e tem que se ver como tal!

Bjoss e até o próximo post, Barbiebuilders!